Bolsonaro admite não ir a debates com Haddad por 'estratégia'

Comentarios

O candidato à Presidência da República pelo PSLJair Bolsonaro, considera a possibilidade de não participar de debates com o opositor Fernando Haddad, do PT. "Existe a possibilidade sim estratégica (de não ir a debate)", afirmou em coletiva de imprensa.
Bolsonaro não participaria de debates e de agendas públicas de campanha até dia 18 por recomendações médicas. Segundo os médicos, ele ainda tem anemia em razão do atentado sofrido no dia 6 de setembro. Estavam programados um debate nesta quinta-feira, 11, na TV Bandeirantes, domingo, na TV Gazeta, em parceria com o Estado, e na segunda-feira, no SBT. Todos foram cancelados pelos organizadores. Outros debates ainda estão marcados.
Nesta quinta-feira, 11, Bolsonaro provocou o adversário. "O Haddad fica me desafiando: quero que você diga o que fez por 28 anos no Parlamento. Vou responder agora: não roubei ninguém, Haddad", disse. E emendou: "como presidente, você aceitaria que o crime organizado continuasse sendo comandado de dentro dos presídios?".
Em entrevista à rádio CBN nesta quinta-feira, 11, Bolsonaro ironizou a possibilidade de participar de debates com Haddad. "Não adianta debater com alguém que não é quem vai indicar os ministros. Não adianta debater com um ventríloquo do Lula", afirmou. "Qual é a autenticidade do Haddad?", questionou.
Para o capitão da reserva, o ministério a ser montado em um eventual governo de Haddad será indicado por Lula. "Do meu lado tem humildade, sem o toma-lá-dá-cá", disse.


Plebiscito para consultar população sobre alteração do nome do município de Governador Edison Lobão -MA, no primeiro turno da eleição do dia 7 de outubro está descartado pelo TRE-MA

Comentarios

Apesar da tentativa da Assembleia Legislativa do Maranhão de alterar o nome do município de Governador Edison Lobão para Ribeirãozinho do Maranhão o Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão-TRE/MA, mesmo tendo recebido autorização da Câmara Municipal não levou o processo adiante.

Expectativa era que o plebiscito para tal consulta feita ao eleitor era que ocorresse no primeiro turno das eleições desse ano em 7 de outubro.

No final do mês de setembro, o TRE MA, realizou a carga de mídia e o lacre das urnas eletrônicas em todas as zonas eleitorais, inclusive na 103ª zona de Montes Altos com abrangência nos municípios de Montes Altos, Ribamar Fiquene e Governador Edison Lobão, e não foi inserida nas urnas usadas na eleição em seções instaladas no município de Governador Edison Lobão, mídia referente a qualquer consulta pública, exceto, os dados dos candidatos às eleições gerais desse ano.

LEIA MAIS NOTICIAS EM NOSSO BLOG E SIGA-NOS NO FACEBOOK  E NO TWITTER

Representantes de Bom Jesus participam de Encontro da Juventude com Roseana Sarney

Comentarios

Representantes da juventude MDB de Bom Jesus participaram na semana passada do encontro estadual da Juventude Medebista, realizado na capital São Luís. No encontro a candidata ao governo do estado pelo partido esteve presente, discursou e como incentivo para a semana final assinou o “Pacto Pela Juventude” assegurando que ao chegar novamente ao poder irá ela e toda sua equipe ter um olhar mais atento para a juventude e principalmente aos que estão engajados no partido.

“O futuro do Maranhão sempre esteve nas mães dos jovens. Por isso criei o Primeiro Emprego e a juventude pode contar comigo. Agradeço por essa energia que é tão valiosa nessa reta final. Vamos à vitória!”

 afirmou Roseana em discurso dirigido aos jovens presentes.

Em entrevista a nossa equipe Deivide representante da J-MDB de Bom Jesus disse:
 “A juventude maranhense acordou cedo para colocar seus sonhos em prática. Agradeço a JMDB pelo convite, é uma missão muito importante em representar a Juventude de Bom Jesus. Após esse encontro, estou mais do que pronto para levar as propostas da guerreira para as ruas, de casa em casa. Roseana garante um futuro promissor para o Maranhão.” 

Entre os presentes ao ato, estavam lideranças jovens de vários municípios do estado. O presidente da J-MDB, Hyago Andrade; o presidente da Comissão Nacional da Juventude, Nelson Marques; o secretário Nacional da Juventude, Assis Filho; e demais representantes do movimento.


Eleitores só poderão ser presos em casos especiais a partir de hoje

Comentarios
A partir desta terça-feira (2), a cinco dias das eleições, nenhum eleitor poderá ser preso ou detido exceto em casos de flagrante delito ou de sentença criminal condenatória por crime inafiançável por desrespeito a salvo-conduto. A orientação está na legislação e prevista no calendário eleitoral.
Também nesta terça-feira será o último dia para a verificação das assinaturas digitais do Sistema de Transporte de Arquivos da Urna Eletrônica, do Subsistema de Instalação e Segurança e da Solução JE-Connect instalados nos equipamentos da Justiça Eleitoral.
Essa verificação deve ser feita por representantes dos partidos políticos e das coligações, da Ordem dos Advogados do Brasil, do Ministério Público e das pessoas autorizadas em resolução específica a formalizar pedido ao juízo eleitoral
Hoje também é o último dia para os tribunais regionais eleitorais divulgarem na internet os pontos de transmissão de dados que funcionarão em locais distintos daquele de funcionamento da junta eleitoral.


Tomou posse hoje pr. Eldinê Rocha na Assembleia de Deus em Gov. Edison Lobão

Comentarios

Tomou posse na Assembleia de Deus COMADESMA de Governador Edison Lobão na noite desta segunda-feira (01) o pastor Eldinê Rocha. Sob a nova direção pastoral membros da igreja evangélica tradicional do município veem como o pastor da unificação e avivamento da igreja naquela localidade.

Após 4 anos de gestão da igreja, José Milton Lira “Pr.Pureza”  pediu  mês passado para a convenção das Assembleias de Deus no Maranhão a transferência, logo em seguida foi anunciado que o novo pastor da igreja seria então Eldinê Rocha.

Pr. Eldinê Rocha foi pastor por muitos anos no município de Açailândia, ele também é pai do também pastor e vereador Boaz Rocha que, diga-se de passagem, é um dos vereadores mais atuantes da atual legislatura. Trazendo uma mensagem unificação o novo pastor já empossado terá uma grande missão à frente desse povo de Deus.

A posse contou com uma igreja cheia, com presença de autoridades eclesiásticas ligadas a convenção e também autoridades politicas do município, membros da igreja e convidados, com direito a tapete vermelho e toda expectativa que a cada nova posse de um pastor sempre trás aos membros da igreja.

Palocci: propina para campanha de Dilma foi acertada por Lula em reunião

Comentarios

No trecho da delação premiada de Antonio Palocci que teve o sigilo retirado pelo juiz federal Sergio Moro nesta segunda-feira, 1º, o ex-ministro cita a suposta reunião no Palácio da Alvorada, em 2010, em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teria pedido ao então presidente da Petrobras que encomendasse a construção de 40 sondas de exploração de petróleo para arrecadar propina à campanha de Dilma Rousseff à Presidência naquele ano. 

Ele já havia relatado a reunião em depoimento a Moro na Operação Lava Jato.

“Que, inclusive, pode afirmar que participou de reunião, no início de 2010, na biblioteca do Palácio do Alvorada, com a presença também de Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma Rousseff, e José Sérgio Gabrielli, na qual o então Presidente da República foi expresso ao solicitar do então presidente da Petrobras que encomendasse a construção de 40 sondas para garantir o futuro político do país e do Partido dos Trabalhadores com a eleição de Dilma Rousseff, produzindo-se os navios para exploração do pré-sal e recursos para a campanha que se aproximava”, contou o ex-ministro.

Ainda na reunião, conforme o relato de Antonio Palocci à Polícia Federal, Lula lhe pediu que gerenciasse o dinheiro ilícito arrecadado a partir da corrupção nos contratos das sondas “e o seu devido emprego na campanha de Dilma Rousseff para a Presidência da República”.

“Que isso se dava, segundo Lula relatou e conforme narra o colaborador, para garantir que o projeto seria efetivamente desenvolvido por Gabrielli; que esta foi a primeira reunião realizada por Luiz Inácio Lula da Silva em que explicitamente tratou da arrecadação de valores a partir de grandes contratos da Petrobras”, diz Antonio Palocci.

Embora Palocci diga que essa foi a primeira vez em que Lula tratou de propina abertamente, o ex-ministro afirma que o ex-presidente sabia da corrupção na estatal, na atuação de ex-diretores como Renato Duque, indicado pelo PT à Diretoria de Serviços, e Paulo Roberto Costa, indicado pelo PP à Diretoria de Abastecimento. Segundo Antonio Palocci, era comum, “em ambientes restritos”, Lula “reclamar e até esbravejar sobre assuntos ilícitos que chegavam a ele e que tinham ocorrido por sua decisão”.

Palocci já havia relatado a reunião no Alvorada em depoimento a Moro em setembro de 2017, no processo da Lava Jato que tem ele e Lula como réus e apura suposta propina de 12,9 milhões de reais ao ex-presidente por meio das compras de um terreno que abrigaria o Instituto Lula, em São Paulo, e de uma cobertura vizinha à do petista em São Bernardo do Campo.

Diante do magistrado, Antonio Palocci afirmou que “ele [Lula] falou: ‘olha eu chamei vocês aqui porque o pré-sal é o passaporte do Brasil para o futuro, é o que vai nos dar combustível para um projeto político de longo prazo no Brasil, ele vai pagar as contas nacionais, vai ser o grande financiador das contas nacionais, dos grandes projetos do Brasil, e eu quero que o Gabrielli faça as sondas pensando neste grande projeto para o Brasil. Mas o Palocci está aqui, Gabrielli, porque ele vai lhe acompanhar nesse projeto para que ele tenha total sucesso e para que ele garanta que uma parcela desses projetos financie a campanha dessa companheira aqui, Dilma Rousseff, que eu quero ver eleita presidente do Brasil'”.

Propina em medidas provisórias

No trecho da delação de Antonio Palocci divulgado hoje por Sergio Moro, o ex-ministro da Fazenda e da Casa Civil narra sete modalidades de cobrança de propina, enumeradas de A a G. Um dos tópicos trata de “venda de emendas legislativas”, no qual ele estima que “das mil medidas provisórias editadas nos quatro governos do PT, em pelo menos novecentas houve tradução de emendas exóticas em propina”

“A prática de venda de emendas se tornou corriqueira, particularmente na venda de emendas parlamentares para medidas provisórias vindas dos governos, casos em que algumas MPs já contam com algum tipo de vício destinado a atender financiadores específicos e saem do Congresso Nacional com a extensão do benefício ilícito a diversos outros grupos privados; Que em outras oportunidades a MP que não possui vício algum e ao tramitar pelo Congresso Nacional é acrescida de dispositivos que visam beneficiar financiadores”, afirmou Palocci.

Hacker que fez caixa eletrônico "cuspir" dinheiro nos EUA é condenado a um ano de prisão

Comentarios
Um juiz federal sentenciou nesta semana um homem em Springfield, Massachussetts, à prisão por hackear caixa eletrônicos para que eles cuspissem dinheiro. Será a primeira vez que alguém nos Estados Unidos é preso por esse tipo de ataque, conhecido como “jackpotting”.


O Departamento de Justiça dos EUA anunciou 
na quarta-feira (26) que Argenys Rodriguez ficará 12 meses e um dia na cadeia. O departamento anunciou em fevereiro que Rodriguez e Alex Alberto Fajin-Diaz foram acusados por envolvimento de um esquema de jackpotting.

Brian Krebs, que é blogueiro especializado em segurança, noticiou após um mês que o Serviço Secreto dos EUA passou a informar instituições bancárias de que hackers estavam instalando hardware e software em caixas eletrônicos que faria as máquinas cuspirem dinheiro. Antes disso, o jackpotting era uma prática conhecida apenas na Europa e na Ásia.

De acordo com o departamento, os hackers envolvidos no esquema de Rodrigues se passavam por técnicos e instalavam o malware no caixa eletrônico. Em seguida, outros caras iam até o local para fazer o dinheiro ser cuspido. 
Documentos da corte mostram que eles usaram um malware Ploutus, que permite que os atacantes usem o smartphone para pegar o dinheiro.

A polícia de Cromwell, de Connecticut (EUA), encontrou Fajin-Diaz e Rodriguez próximos a um caixa eletrônico que estava cuspindo dinheiro em 27 de janeiro, após investigadores do Citizen Bank terem alertado as autoridades de atividades suspeitas. A polícia encontrou no carro dos suspeitos ferramentas necessárias para a obtenção do dinheiro.

Além disso, eles tinham cerca de US$ 5.600 em dinheiro vivo, mas as autoridades ainda acharam outros dois parceiros deles que tinham tirado US$ 63.200 do caixa. Cinco dias antes, a operação conseguiu pegar US$ 63.820 de um caixa eletrônico em Rhode Island.

Tanto Rodriguez quanto Fajin-Diaz, que é cidadão espanhol, foram declarados culpados por conspiração por fraude bancária. Fajin-Diaz ainda está aguardando sua sentença.

Além da sentença de prisão, Rodriguez ficará dois anos sob supervisão e terá de devolver US$ 121.355,38.

Em ato na Paulista, partidários de Bolsonaro criticam PT e falam em vitória no 1º turno

Comentarios
Partidários do candidato do PSL à Presidência,Jair Bolsonaro, se reuniram neste domingo, 30, na Avenida Paulista em São Paulo um dia depois de manifestações contra o candidato terem acontecido em diversas capitais. Em discurso aos manifestantes, o deputado Eduardo Bolsonaro(PSL), e o candidato ao Senado Major Olimpio (PSL) criticaram o PT e disseram ser possível vencer a eleição no primeiro turno. É aguardada a presença do general Hamilton Mourão (PRTB), vice na chapa do capitão. A PM não divulgou estimativa de público na manifestação.


No caminhão de som, militantes ressaltam a participação feminina no evento - dizendo que as mulheres são mães, amigas, que cuidam da casa, dos homens e da família. Eduardo Bolsonaro falou às mulheres que apoiam seu pai. “As mulheres de direita são mais bonita que as da esquerda. Elas não mostram os peitos nas ruas e nem defecam nas ruas. As mulheres de direita tem mais higiene”, disse o deputado, que ainda criticou o autor do atentado contra Bolsonaro, Adélio Bispo de Oliveira. “Meu pai não tomou uma facada por alguém que queria tomar a carteira dele. Eles estão com medo”, concluiu.
A primeira a se pronunciar no carro de som foi a candidata a deputada federal pelo PSL, Carla Zambelli: “A nossa manifestação é verde e amarela. Nossa manifestação tem bandeira do Brasil e não de partidos. Somos movidos pelo amor por uma pessoa que vai mudar o país. Finalmente teremos paz com Jair Bolsonaro na Presidência. Ele é o único presidente que irá fortalecer a Polícia Federal. É a primeira vez em décadas que temos um presidente que fala de Deus com lágrimas nos olhos. O nosso estado é laico mas não é ateu", afirmou. Em seguida, a candidata iniciou uma oração, finalizada por "ele sim" pelos manifestantes presentes.
Eduardo Bolsonaro disse também que se Fernando Haddad for eleito “ele dará indulto para o Lula no dia seguinte”. Ele também afirmou que se Bolsonaro for eleito, o ex-presidente Lula irá cumprir pena em um presídio comum. Ele ainda pediu para que os eleitores votem de camisa amarela no próximo domingo.
Segundo o deputado, o resultado da eleição “vai ser igual ao Trump, que venceu quando todos estavam contra ele nos Estados Unidos" -o presidente americano venceu a democrata Hillary Clinton no colégio eleitoral, mas perdeu no voto popular, em 2016.
Participam também do ato o candidato a deputado estadual Delegado Olim (PP) e o dono das Lojas Centauro, Sebastião Bomfim, que subiu no palanque e discursou a favor de Bolsonaro. Ele puxou o coro de “mito, mito”.

Olímpio disse que se a candidatura de Bolsonaro crescer "mais um Alckminzinho" - cinco ou seis pontos - seria possível vencer a eleição ainda no primeiro turno.

Princípio de confusão no vão livre do Masp

No vão livre do MASP um grupo de jovens que frequentava o local começou a se manifestar contra o Bolsonaro depois que, com a chuva, partidários do candidato buscaram abrigo no local. Eles trocaram xingamentos e houve agressões. Ao menos três pessoas foram presas pela PM. Alguns manifestantes chegaram a gritar "lincha".

Atos pró-Bolsonaro ocorrem no interior paulista

Mais cedo, atos favoráveis ao candidato do PSL ocorreram em pelo menos dez cidades do interior de São Paulo. No sábado, as manifestações contra Bolsonaro organizadas por grupos de mulheres, alcançaram ao menos doze cidades do interior.
Em Campinas, o ato deste domingo contou com a presença do filho do candidato, Eduardo Bolsonaro, deputado federal pelo PSL. Os manifestantes – cerca de 3 mil pessoas, segundo a Polícia Militar -, se concentraram no Largo do Rosário, na região central, e caminharam até a Praça Arautos da Paz, com apoio de carro de som.
Em Araçatuba, cerca de 2 mil veículos, segundo a Polícia Militar, participaram de carreata em favor de Bolsonaro. Os manifestantes fizeram um buzinaço na Avenida dos Araçás. Vários veículos levavam a bandeira do Brasil. Um grande número de mulheres participou do ato.

Mulheres se unem e fazem movimentos contra e a favor de Bolsonaro

Comentarios

Dezenas de cidades recebem atos contrários à candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) neste sábado, 29. Pelo menos 24 capitais tiveram manifestações contra o capitão da reserva e deputado federal por sete mandatos, que lidera as recentes pesquisas de intenção de voto para o primeiro turno, com 28%, seguido por Fernando Haddaddo PT, que tem 22%. A campanha #EleNão foi criada dentro de um grupo no Facebook que reúne 3,8 milhões de mulheres. Algumas cidades também registram mobilizações favoráveis ao candidato.
Em São Paulo, a concentração de manifestantes começou em torno do Largo da Batata no início da tarde. O ato reuniu eleitores do PSOL ao PSDB e todas as candidatas que estão na disputa presidencial, exceto a senadora Ana Amélia (PP-RS), candidata a vice na chapa de Geraldo Alckmin(PSDB). No início da noite, um grupo contra o candidato se manifestava na Avenida Paulista.
Passaram pelo ato, que reuniu 150 mil pessoas segundo os orgamizadores (a PM não fez estimativa) a ex-ministra Marina Silva, candidata da Rede, a senadora Kátia Abreu (PDT-TO), vice de Ciro Gomes (PDT), a deputada estadual Manuela d'Avila (PcdoB-RS), vice de Haddad, a líder indígena Sonia Guajajara (PSOL), vice de Guilherme Boulos (PSOL). Apoiadores de Bolsonaro, por sua vez, se reuniram em frente ao estádio do Pacaembu.
Para uma participante, o ato serviu para unir as pessoas em torno de um propósito comum. “Tem o PT, tem a Rede, o pessoal do Ciro, do Boulos, é importante que estejam todos aqui. O cara nos uniu. Obrigada, Bolsonaro!”, brincou Angela Martins, professora universitária de 65 anos.
No Rio, milhares de pessoas se concentraram na Cinelândia, região central da cidade e seguiram em caminhada para a Praça XV. Por volta das 15h25, manifestantes reagiram com aplausos à passagem de uma bandeira com a imagem da vereadora Marielle Franco(PSOL), assassinada em março. Muitos manifestantes, especialmente as mulheres, responderam à convocação dos organizadores do protesto e estavam usando lilás durante todo o ato.

Apoiadores fazem atos a favor do candidato

Em diversas cidades houve também atos favoráveis aos candidatos. No Rio, esse ato até interrompeu parte de uma das vias da Avenida Atlântica, em Copacabana. O público apoiador do candidato é formado tanto por mulheres quanto por homens e se espalha por um trecho de cerca de 100 metros. Com uma imagem de Bolsonaro de papelão em tamanho real em cima do carro de som, o ato começou às 14h20 com o Hino Nacional e um Pai Nosso.
"Somos um movimento de paz e harmonia", afirmou do microfone uma das líderes do movimento. "Aqui tem mãe solteira, tem mãe com dificuldade para pagar suas contas, que se vira nos trinta", declarou a ex-ativista do grupo feminista Femen Sara Winter. Candidata a deputada federal pelo DEM, pouco antes ela posou para foto segurando um “fuzil” de papelão.

Diversas pessoas se revezavam nos discursos. O enfoque variava das críticas ao PT, de "defesa à vida", com críticas contundentes aos que defendem a legalização do aborto, e ironias contra veículos de imprensa que têm divulgado denúncias contra Jair Bolsonaro. 


Desabastecimento de água já afeta Centro e três bairros de Governador Edison Lobão e prefeitura fornece caminhões pipa para diminuir o impacto

Comentarios
 postado por: Blog do João Pedro Neto em Gov. Edison Lobão-MA

Desde as primeiras horas da manhã deste sábado (29) moradores do municipio de Governador Edison Lobão-MA, distante 30 km de Imperatriz, estão sem água nas torneiras de suas casas. O problema atinge quem mora no centro e mais três bairros.

Segundo o órgão responsável pelo abastecimento de água no município, um defeito no sistema de bombeamento de água em um dos poços, está causando o desabastecimento, mas, segundo nota emitida pelos responsáveis, todas as providencias já estão sendo tomadas.

Previsão é que o abastecimento seja totalmente restabelecido até domingo dia 30, mesmo assim recomenda aos usuários que economizem as reservas de água que tiverem em suas casas.

Nossa reportagem presenciou membros da equipe de abastecimento do serviço autônomo abastecendo casas do centro e em outros bairros fornecendo água de graça para todos os afetados.